>>>Ibiza torna-se íntima
Foto: ©Hacienda Na Xamena, Ibiza

Ibiza torna-se íntima

A capital mundial da festa pode transformar-se num oásis só para dois. Mostramos-lhe o lado menos conhecido da ilha da farra.
A
Space Ibiza é a melhor boate do mundo, como provam os 24 prêmios acumulados desde a sua abertura em 1989. As sessões intermináveis dos melhores DJ do planeta têm ajudado a triplicar a população da ilha nos meses de verão. Mas poucos sabem que, a menos de 20 km do som ensurdecedor das caixas, se encontra uma das ruas mais tranquilas e solitárias da região. A Sa Caixota fica na base de uma falésia de terra vermelha, orgulha-se das suas águas cristalinas e mostra como Ibiza também pode ser uma ilha deserta.
O Sublimotion permanece aberto de 1 de junho a 30 de setembro.

Paz e amor

Não somos os primeiros a descobrir o lado mais relax de Ibiza. Nos anos 70 a ilha era um paraíso hippie. O movimento flower power continua muito presente, especialmente na praia Benirràs, onde os tambores marcam o ritmo ao entardecer ou nos mercadinhos hippies, como Las Dalias em São Carlos.

O meio natural e o clima mediterrâneo são uma ajuda, mas fugir das multidões nem sempre é fácil. Quem procura intimidade tem de estacionar o carro longe da areia e percorrer caminhos de terra escondidos entre a vegetação. Mas a recompensa vale a pena quando, no final do caminho, tem à espera uma praia quase virgem como Cala d’en Serra. Rodeada de floresta e falésias, tem apenas 45 m de extensão e os ouriços-do-mar são os principais habitantes. A transparência das águas faz dela num dos melhores spots para praticar mergulho e snorkel. Além das criaturas marinhas, só existe uma pequena cabana de aspecto caribenho.
Não é preciso renunciar ao luxo para encontrar os lugares menos frequentados. A ilha preferida de Hollywood e de várias celebridades é conhecida pelos seus estabelecimentos exclusivos, sendo isto também sinônimo de privacidade. Só 12 clientes desfrutam todas as noites da experiência gastrossensorial proposta pelo chefe Paco Roncero (duas estrelas Michelin) no Sublimotion, o restaurante mais caro do mundo. Uma ceia encenada ou uma encenação com ceia. Vários telões revestem as paredes da cápsula de 70 m2 que forma a sala de jantar. Cada prato significa uma mudança de cenário: o aspecto da sala altera-se por completo para transportar os clientes ao campo, à Ibiza hippie ou ao fundo do mar. Não faltam os óculos de realidade virtual nem os balões aerostáticos que são os garçons voadores. Um espetáculo tecnológico e culinário ao alcance de poucos: a escolha consiste num único menu de degustação de 1500 EUR. Menos futurista, mas igualmente sofisticado é o restaurante Amante. Pensado para casais e ancorado sobre uma falésia com vistas para o Mediterrâneo, oferece coquetéis e pratos da moderna cozinha espanhola e italiana. Reinventa até o cinema de verão em jeito deluxe: que os assentos e os refrescos por bean bags e vinho Jean Leon.
A festa dos tambores de Benirràs realiza-se todos os domingos durante os meses de verão.
Foto: Nacho Such / Shutterstock.com
A ilha oferece também alternativas ao turismo clubber com spas e termas. O lugar perfeito para o relaxamento encontra-se no interior do hotel Hacienda Na Xamena. Las Cascadas Suspendidas são oito lagoas de água marinha quente ligadas entre si por várias cascatas. Tudo ao ar livre e com vistas para o mar numa falésia de 180 m de altura, onde não chegam os acordes de música eletrônica.
A fotografia do entardecer a partir de Cala Comte, com a ilha do Bosque como cenário, é um best-seller dos postais de Ibiza.

Artigos relacionados

Menorca e o regresso aos ritmos lentos

Bem-estar para o corpo e a mente; escapadas detox para se desconectar da rotina e do ruído. A ilha de...

Formentera: o éden que abre o ano inteiro

“Bem-vindo ao paraíso”, diz o slogan de Ses Illetes. E se exibe porque pode. A praia mais famosa de Formentera...

Ibiza e Formentera, pedalando contra os estereótipos

Além de diversão noturna e enseadas idílicas dignas de Instagram, Ibiza e Formentera apresentam-se como destinos ideais para amantes do...

Compras “made in Baleares”

Não partiremos apenas com paisagens na retina. Das Ilhas Baleares, levaremos também sandálias, cerâmicas e lembranças de um recanto cujo...