>>>Relaxar “à finlandesa”
Na Finlândia, é uma honra ser convidado para uma sauna.
Foto: ©VisitFinland

Relaxar “à finlandesa”

Na Finlândia, há uma sauna para cada três habitantes. Também conhecido como “farmácia dos pobres”, o local agora é mais do que um hábito saudável: é a estrela do turismo de bem-estar.
S

auna” é a única palavra finlandesa que foi aceita por outras línguas, tamanha a devoção por essa prática em seu país de origem. E para entender seu verdadeiro alcance na Finlândia, é só relembrar os usos que o local recebeu no passado. Décadas atrás, era nele onde muitas mulheres davam à luz e os corpos dos falecidos eram submetidos a um último banho.

As saunas são consideradas espaços de purificação. Ramos de bétula são passados na pele para ajudar no processo de limpeza corporal e a tranquilidade desses lugares ajuda a aclarar a mente.

Löyly en Helsinki
Duas horas nas saunas Löyly saem por 19 euros (cerca de 65 reais).
Foto: ©Löyly

Sauna a tiracolo

Entre os modelos de saunas portáteis, o mais antigo é uma tenda de campanha de estilo militar, que pode ser comprado ou mesmo alugado. O sucesso desses objetos é tanto que, no município finlandês de Teuva, há um festival que reúne todo tipo de saunas móveis e criativas.

Nas saunas finlandesas, a camaradagem dita as regras e a conversa e o debate roubam a cena (inclusive entre desconhecidos). De forma geral, os finlandeses não são especialmente calorosos e evitam o contato pessoal, mas esses comportamentos costuram desaparecer dentro desses ambientes. Existem saunas em todos os lugares: particulares, públicas, transformadas em luxosos templos de bem-estar… É fácil achar esses recantos climatizados a 80ºC (e que podem chegar a 160ºC).

Com mais de 3 milhões de saunas para 5,5 milhões de habitantes, a variedade é quase uma exigência. Seca, a vapor, de gelo, no estilo ofurô, com recital de poesia incluído… As saunas na Finlândia são dos mais diferentes tipos e até portáteis, sempre prontas para momentos de relaxamento. A cidade de Teuva (costa ocidental), por exemplo, organiza um festival de saunas móveis montadas dentro de carros antigos, pequenos barcos e até em casinhas de madeira. Mas as saunas mais tradicionais também podem ser encontradas em lugares inusitados: no Parlamento, em um Burger King e até mesmo nas cabines de um teleférico (Yllas, Lapônia) e de uma roda-gigante (SkyWheel Helsinki). A sauna está presente inclusive nas embaixadas do país ao redor do mundo.

Sauna con Helsinki de fondo
Todos os anos, Helsinki comemora seu Sauna Day (“Dia da Sauna”). Em 2007, será no dia 11 de março.
Foto: ©VisitFinland

Relaxar em meio a 70 pessoas?

A maior sauna a vapor do mundo fica, como não poderia deixar de ser, na Finlândia. O complexo Rauhalahti conta com um hotel, um spa e uma sauna a vapor. Com capacidade para cerca de 70 pessoas, esta última funciona em uma antiga cabana de lenhadores.

A sauna mais popular de Helsinki é a Kotiharjun Sauna. Aberta em 1928, tornou-se referência na cidade em uma época em que as pessoas ainda não tinham sauna própria. Enquanto as saunas comunitárias continuam prevalecendo em zonas rurais, há pelo menos uma por prédio ou bairro nas áreas urbanas. Uma das últimas a se estabelecer na capital é a sauna Löyly. Com uma área de quase 2.000 metros quadrados e localizada às margens do mar Báltico, conta com três saunas de madeira. E depois de uma sessão nesses ambientes climatizados, a praia está – literalmente – a um passo. Terminar o banho de vapor com um banho gelado é outra dos costumes tradicionais da Finlândia e uma ótima forma de ativar a circulação sanguínea.

Baño entre el hielo
Os banhos nas águas geladas da Finlândia ajudam a reativar a circulação sanguínea.
Foto: ©VisitFinland

No entanto, “o ritual” não acaba com esse mergulho ou banho de água fria, mas sim com o Saunanjalkeinen: expressão que define o estado de relaxamento “pós-sauna” e que serve de desculpa para evitar qualquer esforço posterior (algo que é visto mais como um prazer do que como uma queixa na Finlândia). É essa sensação de estar limpo e renovado – tanto física como mentalmente – que os finlandeses cultivam tão bem!

Artigos relacionados

Para não perder a aurora boreal

Oferece-se iglu com vistas. O resort ártico Kakslauttanen, ao norte da Finlândia, cumpre o sonho de qualquer esquimó. Os seus...

Tome um banho (de floresta)

Para fazer terapia, não é preciso deitar no divã. No Japão, o melhor método antiestresse é passear entre as árvores...

Texas ao natural

Nem ranchos, nem rodeos, nem botas de cowboy. Prometemos não mencioná-los para falar do Texas. O que nos resta então?...

Viagem ao inferno

A depressão de Danakil, no Chifre da África, é um dos pontos mais quentes do planeta. O local tem apenas...