>>>Quem matou o hipster?

Quem matou o hipster?

Os muppies querem dar destaque às barbas e aos óculos de massa. Se vão inundar o mapa, no mínimo convém saber quem são e onde os encontramos.
Uma nova tribo urbana surge no panorama social. O seu nome é muppie, um termo híbrido entre millenial e yuppie, batizado pela escritora norte-americana Michelle Miller. Que os define como “uma geração entre os 22 e os 35 anos, que passa uma hora por dia a navegar na internet, 30 minutos a fazer compras online e 40 a confeccionar o menu do dia seguinte”. São solidários, ecológicos e viciados em redes sociais. A alimentação saudável e o exercício diário são os seus mandamentos. O caráter empreendedor dos muppies não persegue um fim econômico, mas antes a satisfação pessoal. Conseguirão os muppies acabar com a hegemonia dos consagrados hipsters?
O restaurante Pollen enquadra-se com a paisagem natural de flores e plantas que o rodeiam.

Saco? Não, obrigado

Os muppies preocupam-se com a sustentabilidade. Por isso fazem compras em lugares como o Unpackaged, o primeiro supermercado de Londres onde produtos como massa, arroz e cereais se servem a granel e sem pacote. O cliente deve levar os seus próprios recipientes.

Adam tem três masters, fala quatro línguas e procura espaço para a sua nova startup. Não gosta de atribuir a si mesmo rótulos, mas reconhece que se identifica com a filosofia muppie. Enquanto recorda com nostalgia o seu passado recente de blogueiro, Adam bebe, em Daluma (Rosenthaler Platz, Berlim), um coquetel ecológico de pimentão, laranja e cenouras violetas. Daluma é uma nova cafetaria healthy que está sempre lotada. Já ele não demora a pegar no seu Iphone, com capa tipo Game Boy, para fazer uma fotografia do seu coquetel e publicá-lo no instagram. Esta é a rede social preferida dos muppies para manterem as suas ‘vidas sociais’ hiperativas.
Onde se encontram os membros desta nova subcultura urbana? Espalhados por todo o lado. Para comer escolhem restaurantes 100% ecológicos. Consomem kale, praticamente todos os dias, pedem sopa de misso nos restaurantes e substituem o chocolate pela alfarroba. Por exemplo, em Singapura sobressai o Pollen, situado nos Gardens by the Bay. Neste restaurante o menu prepara-se com produtos da sua horta privada. A alcachofra assada no forno com salsão e trufa é o prato estrela.
O calor numa aula de hot yoga permite aquecer os músculos mais rapidamente e previne as lesões.
Os muppies preocupam-se até ao mínimo detalhe com a alimentação. Preferem o pão e a pastelaria sem glúten, embora não sofram de intolerância alimentar. Optam por pastelarias como a Milola (Barcelona), onde em vez de açúcar ou adoçantes se utilizam ingredientes naturais como a quinoa, o teff ou a seiva de ácer. Manuela, sócia fundadora desta pastelaria, afirma: “Agora somos muito mais exigentes. Procuramos proporcionar uma experiência gastronômica positiva sem que tenhamos que associá-la à linha ou à saúde”. O pastel de cenoura da Milola, o produto mais vendido, confirma que o equilíbrio entre a saúde e o prazer é possível.
Planet Organic é a primeira cadeia de supermercados do Reino Unido a adotar o sistema unpackaged (sem embalar).
Praticar exercício é uma necessidade para um muppie. Os esportes preferidos são o running e o ioga. Stanley Park, em Vancouver, Centennial Park, em Sydney e Englischer Garten, em Munique, são lugares ótimos para correr e cruzar-se com eles. O hot yoga consiste em praticar mais de uma hora de exercícios numa sala aquecida a 40ºC. Pratica-se em ginásios como o Socal (Los Angeles), especializado em pequenos grupos. No centro Vinyasa Hotflow Yoga (Amsterdão) asseguram que na prática deste esporte se perdem 569 calorias por sessão. Se o muppie não acabar com o hipsrter, não será por falta de força.

Artigos relacionados

Austin, a filha rebelde do Texas

Define-se a si mesma como “uma mistura entre a boa educação e um certo toque de fanfarrice do Texas”. Austin...

Tome um banho (de floresta)

Para fazer terapia, não é preciso deitar no divã. No Japão, o melhor método antiestresse é passear entre as árvores...

Os melhores resorts espirituais

Buda dizia que a paz vem do interior e não é preciso procurá-la no mundo exterior, mas numa infinity pool...

FOTOS NÃO

Na entrada está pendurado um cartaz “Proibido tirar fotografias” ou, simplesmente, “Proibida a passagem”, mas para os ouvidos dos fotógrafos...