>>>O Amor nos Tempos de Kale

O Amor nos Tempos de Kale

Sair para jantar já não será um problema. Há cada vez mais restaurantes a adaptar os menus para satisfazer os casais veggies e ‘carnívoros’. Ignore os preconceitos. Bon appétit!
Com mais de 600 milhões de vegetarianos no mundo não é de estranhar que um membro do casal seja vegetariano e o outro não. Aos sábados à noite, milhões de casais debatem-se com o problema de escolherem, para jantar, um restaurante veggie ou um tradicional, onde geralmente as escolhas vegetarianas se reduzem a uma salada. Felizmente para estes casais há cada vez mais restaurantes incluindo em seus cardápios menus vegetable-based. A carne e o peixe dão lugar aos brócolos, à batata e aos abacates. E os casais onívoros agradecem por não terem necessidade de discutir por causa do jantar.
Os defensores do movimento farm-to-table costumam publicar a origem das matérias primas que utilizam. As couves de Bruxelas do Dig Inn chegam da Bayview Farm, em Jamesport.
Foto: Dig Inn

Segundas-feiras sem carne

A campanha Meatless Monday propõe que não se coma carne um dia por semana. O celebre chefe ítalo-americano Mario Batali juntou-se à causa e, em Nova Iorque e em Las Vegas, as pizzarias OTTO recomendam o mesmo aos seus clientes.

Nova Iorque – A febre veggie
A Big Apple está, como quase sempre, à frente desta nova tendência culinária. Os chefes incutiram de verde os cardápios dos seus restaurantes, mesmo nos de alta gastronomia. Dovetail, com uma estrela Michelin, incluiu, às segundas-feiras, um menu vegetariano e outro vegetable-focused. Durante toda a semana o chefe Jean-Georges prepara, no ABC Kitchen, receitas com produtos orgânicos da época. Também compartilha esta nova filosofia, ‘da fazenda à mesa’, com o Dig Inn, uma cadeia de restaurantes que quer democratizar a comida saudável, tornando-a acessível.
i Latina é, segundo o júri do ‘50 Best Restaurants’, um dos restaurantes latino-americanos com maior projeção.
Buenos Aires – Na terra da carne assada
Os paninis e crostinis do Il Bambino podem ser encontrados na Greenwich Village, NYC.
Na Argentina não é fácil ser vegetariano. O país está entre os 20 países que mais carne consome anualmente, com 91,7 quilos por pessoa. Se por aqui renunciar à carne no churrasco não é sequer uma possibilidade, saiba que existem vários restaurantes ‘mistos’. Rogelia, nos arredores de Buenos Aires, serve comida caseira. Os seus pastéis de celga com aioli são tão saborosos como as costeletas de novilho. No Ninina Bakery são especialistas em hambúrgueres de carne, mas também vegetarianos e veganos. iLatina adaptou a sua alta cozinha latino-americana para apresentar uma versão vegetariana de cada um dos seus pratos. Prefere o ceviche de peixe ou de fungos?
Londres – O local da multiculturalidade
O chefe francês Bruno Loubet declara-se neutro na guerra entre veganos e ‘carnívoros’ e defende que a carne, o peixe e os legumes têm o mesmo peso nos pratos que prepara. Mas este cozinheiro não consegue esconder a sua inclinação pelo verde. Basta uma visita ao Grain Store para comprovar. Outra possibilidade é a comida índia do Lotus, na Leicester Square. A Índia é o país do mundo com mais vegetarianos: cerca de 40% da população. Os restaurantes indianos são os prediletos dos casais onívoros, porque quase todos os pratos têm uma versão vegetariana.
Califórnia – Menus flexíveis
Na capital veggie por excelência há anos que se procura adaptar os menus aos seus exigentes clientes. Neste contexto, Gather é um restaurante sustentável situado no edifício mais ‘verde’ de Berkeley. O New York Times escreveu que este espaço era “a solução onívora definitiva”. Para tranquilidade dos ‘carnívoros’, os pratos vegetarianos do restaurante têm a possibilidade de conter bacon. Como se vê, tudo se pode adaptar. No Mohawk Bend o molho búfalo leva umas couves-flor, em vez de asas de frango e o resultado é verdadeiramente espetacular.

Artigos relacionados

Os vegetarianos comem o mundo

Na era da alimentação responsável, os restaurantes, supermercados e festivais veggie-friendly multiplicam-se com propostas deliciosas que farão ceder até mesmo...