>>>Entre na água em Phuket

Entre na água em Phuket

Mesmo que não pareça uma ilha, é a maior da Tailândia. Com um total de 36 praias, Phuket é o destino perfeito para amantes dos esportes aquáticos.
A

água é a protagonista indiscutível das melhores festas da Tailândia, e os rios são o coração da sua cultura. Desde Chao Phraya, que percorre Bangkok como uma artéria e a enche de vida, até os coloridos mercados flutuantes, com barcos repletos de frutas exóticas e inúmeros produtos. A própria água serve para mandar o azar embora no Songkran, sendo o canal de comunicação com os deuses no festival de Loi Krathong, quando os tailandeses transformam velas em barquinhos de folhas de bananeira em oferendas.

Participar de qualquer uma destas festas ajuda o turista a mergulhar (no caso do Songkran, de forma literal) no amor pela água da cultura tailandesa. Outra forma é viajar a Phuket e se atrever a praticar algum tipo de esporte náutico no mar cristalino de Andaman.

Parasailing in Phuket
O parasailing é um dos esportes da moda na praia de Patong.

Phuket vista do alto

Laem Promthep e o mirante Kata Karon, conhecido como “mirante das três praias”, competem no ranking das melhores vistas de Phuket. Porém, a melhor panorâmica é reservada para quem adere à moda do parasailing, disponível nas principais praias da ilha.

A ilha de Phuket fica a 862 quilômetros ao sul de Bangkok e é uma parada imprescindível de qualquer viagem à Tailândia. Suas praias, de areias brancas e finas, são sua maior atração. A mais conhecida é a de Patong, com três quilômetros de comprimento em forma de meia-lua. Os mais hiperativos vão encontrar seu lugar entre centenas de bares e restaurantes que animam esta praia movimentada. Ou, melhor ainda, na água, cortando as ondas a bordo de um jet-ski.

Outra opção é deslizar pelas ondas sobre uma prancha. Embora, para isso, seja melhor ir mais para o sul, até Kata Beach. Considerada a meca do surfe em Phuket, divide-se em duas: Kata Yai e Kata Noi, um pouco menor. Ambas atraem habitantes locais e turistas amantes de ondas velozes e manobráveis. Também é possível alugar pranchas em Karon Beach e em Hat Surin, famosa por suas ondas durante a época das monções. Os mais ousados podem dar uma oportunidade ao kitesurfe em Chalong Bay ou Nai Yang Beach. Existem várias escolas que mudam de localização em função do vento. A primeira funciona o ano inteiro, enquanto a segunda, situada na zona norte, apenas de abril a outubro.

A surfer at Kata Beach
As melhores ondas de Kata Beach estão no extremo sul.
Foto: smolny1 / Shutterstock.com

O snorkel também pode ser praticado todo o ano, embora o mar esteja mais tranquilo entre novembro e abril, razão pela qual melhora a visibilidade nesse período. Um dos recantos mais recomendáveis para mergulhar é Koh He, a ilha Coral, a meia hora de barco de Chalong Bay. Como seu nome indica, está rodeada de recifes de coral virgens, protegidos dos efeitos das monções por sua localização.

Kayak in Ao Phang Nga National Park
A baía de Phang Nga costuma ser visitada em excursões de um dia a partir de Phuket.
Foto: Joey Santini / Shutterstock.com

As profundezas do mar de Andaman ainda podem ser exploradas em diversos pontos da ilha, como a ilhota Koh Racha Noi ou Koh Racha Yai, entre três e 30 metros de profundidade. No entanto, para melhores experiências, será preciso pegar um barco para as ilhas Similan. Graças às suas águas cristalinas e fauna abundante, este conjunto de nove ilhas costuma aparecer em rankings internacionais como um dos dez melhores locais do mundo para fazer mergulho. Os lugares mais conhecidos são Elephant Head Rock e Christmas Point.

Se ainda tiver forças depois dessas férias cheias de atividades, não se perca na baía de Phang Nga, outra das excursões mais típicas a partir de Phuket. Depois da fotografia de praxe em frente a KoTapu, nada de se deitar na areia! Percorra as grutas e lagoas interiores que se escondem entre falésias de rocha calcária.

Artigos relacionados

A última praia deserta

A ilha paradisíaca de Phi Phi Leh parece o cenário de um filme. Mas é real. É possível pisar em...

Feliz (e molhado) Ano Novo

O Songkran comemora a chegada de um novo ano budista com guerras de água em plena rua. Não tenha medo...

Em busca do templo tranquilo

Em Bangkok, a cidade só descansa no interior dos seus santuários, onde os monges se levantam no meio da noite...

Bangkok: entre duas épocas

Mais de oito milhões de habitantes vivem entre o passado e o futuro na sempre vibrante capital tailandesa. Os contrastes...