>>>De Istambul com amor

De Istambul com amor

É a única cidade do mundo com um pé na Ásia e outro na Europa. Quando se está em meio a duas culturas, não se pode ficar apenas com uma.
Com os seus edifícios neoclássicos de varandas alargadas, poderia ser qualquer uma das cidades europeias. Mas basta olhar para o céu, decorado com os minaretes das mesquitas, para percebermos que estamos em Istambul. As vitrines das lojas de luxo misturam-se com as salas de chá, onde os habitantes da cidade se sentam a fumar uma shisha e a observar as pessoas que passam.
No restaurante e salão de chá Malko, em pleno centro histórico, pode fazê-lo a um bom preço. O bairro Sultanahmet reúne os principais lugares turísticos: Santa Sofia, a Mesquita Azul, o Palácio de Topkapi.
SALT Galata
Foto: Mustafa Hazneci

As delícias da Turquia

O doce mais típico de Istambul são os ‘lokum’, as delícias turcas, semelhantes a gomas feitas com calda de fruta, cuja receita tem mais de 200 anos. Pode encontrar estes doces em qualquer bazar, mas em Lokum Istanbul, em Beskitas, embrulham-nos como se fossem pequenos tesouros.

As paredes de Istambul são como um livro de História. Neste lugar você percorre a antiga Constantinopla, a capital do Império Bizantino, conquistada depois pelo império otomano. Hoje, contudo, o verdadeiro combate trava-se no Grande Bazar, onde a capacidade dos compradores para negociar os preços enfrenta a dialética dos vendedores de tapetes e souvenires. No fim, os vendedores ganham quase sempre.
O Bazar das Especiarias é outro lugar onde se pode colocar em prática a arte de negociar os preços. Os sentidos quase bloqueiam perante tantos estímulos. Cores intensas, cheiros e sabores que se amontoam nas duas ruas ocupadas pelo mercado. O Bazar atrai os viajantes foodies de todo o mundo. Os gastrotours continuam atravessando a ponte de Gálata para chegar ao mercado Karaköy, onde se pode comprar peixe fresco ou degustá-lo em restaurantes como o Lokanta Maya, que abriu em 2010 durante a reestruturação do bairro.
360 East Moda
A reconversão do bairro em destino hispter talvez tenha a ver com a proximidade do Beyoglu, o vizinho trendy por excelência. Neste bairro abriu a primeira loja Bilstore, uma concept store com roupas e acessórios de alta costura. Além disso é aqui que se agrupam as galerias de arte e cafés da moda. SALT Beyoglu e SALT Gálata são dois destes novos pontos de encontro da juventude. Os dois espaços são livrarias que organizam exposições e projeções de filmes.
Delícias turcas e outros doces no Grande Bazar
Em contraste com a região mais cosmopolita da cidade, escolhemos um lugar oriental e boêmio para assistir ao pôr do sol sobre o skyline de Istambul. A esta hora do dia, do lado asiático, o porto de Üskudar enche-se de nativos e turistas que se acomodam sobre tapetes turcos e preparam os seus smartphones. A Torre de Leandro, flutuando no meio do Bósforo, é o pano de fundo do entardecer.
Porém, o lado asiático não conquista os visitantes apenas com o pôr-do-sol. Também consegue conquistá-los pelo estômago. No Çiya Sofrasi, em Kadiköy, a gastronomia tradicional turca é a protagonista. Por outro lado, o 360 East Moda, o restaurante e boate do terraço do Hotel Hilton Doubletree, é o lugar certo para se familiarizar com o jet set da cidade. Do mesmo modo que Istambul, 360 East Moda tem também um pé na margem asiática do Bósforo e o outro na Europa. Em Beyoglu encontra-se o clube gêmeo deste: o 360º Istambul.

Artigos relacionados

A torre dos dois mundos

A Torre de Leandro une, no rio Bósforo, a Ásia e a Europa. É um farol de lendas trágicas, onde...

Em câmara lenta

Encontre em Istambul o seu momento pessoal de satisfação: um cruzeiro pelo Bósforo, uma massagem no hamam ou um jantar...

Istambul é o check point onde a história e o mistério se encontram”.

Jornalista e apresentadora de televisão, Ece Üner, a nossa Passenger6A em Istambul, conta-nos como, apesar do ritmo moderno, do caos...

Alguém jantou no ninho do cuco

Ou melhor dizendo, de qualquer ave tropical... porque o que lhe propomos é comer suspenso numa árvore em plena selva...